Notícias Mundo

Bob Dole diz que ainda é “o trompetista”, mas “como se tivesse sido expulso”

Dole também disse acreditar que o ex-presidente Donald Trump havia perdido a eleição presidencial de 2020 e observou que não havia evidências de fraude eleitoral, ao contrário das repetidas afirmações de Trump.

“Ele perdeu a eleição e eu gostaria que tivesse acontecido, mas eles perderam”, disse Dole a Susan Page do USA Today. – Ele tinha Rudy Giuliani correndo por todo o país alegando ser uma farsa. Ele nunca cometeu uma única fraude em todas as ações judiciais que apresentou e testemunhou.

Dole é um dos membros mais proeminentes do establishment republicano para apoiar Trump. Ele apoiou Trump como presidente em 2016 e não se envolveu em críticas públicas de outros candidatos presidenciais anteriores do Partido Republicano, George W. Bush e Mitt Romney. A Dole também reconheceu explicitamente a legitimidade de Joe Biden como presidente.
Dole, que completou 98 anos na quinta-feira, foi diagnosticado com câncer de pulmão em estágio 4 no início deste ano. Depois que o diagnóstico foi anunciado, Biden visitou seu “amigo íntimo” com quem serviu por anos no Senado.

Em uma entrevista ao USA Today, Dole chamou Biden de “uma pessoa excelente, boa, honesta e decente”, mas disse que ainda tinha dúvidas sobre a política de seu ex-colega e questionou a decisão de Biden de fechar o oleoduto Keystone.

“Eu perguntei a ele, eu disse:“ Por que você fechou aquele gasoduto em Dakota (do Sul)? “Disse Dole.

Leave a Comment