Notícias Mundo

Jungle Cruise pretende estrear nos cinemas e streaming por US $ 90 milhões

O filme, estrelado por Dwayne “The Rock” Johnson e Emily Blunt, estreou por cerca de US $ 61,8 milhões em todo o mundo. Isso inclui US $ 34,2 milhões melhores do que o esperado nos cinemas domésticos.

Mas não é tudo. O filme foi lançado simultaneamente em streaming via Disney + Premier Access por US $ 29,99 adicionais – e arrecadou mais de US $ 30 milhões em todo o mundo na plataforma.

No geral, o filme, que é baseado em um amado passeio em um parque de diversões da Disney, arrecadou mais de US $ 90 milhões em shows de teatro e streaming, de acordo com a empresa.

Então o que tudo isso significa? Bem, não é tão simples como a explicação costumava ser.

O
No mundo pré-Covid, a estréia teatral global de $ 61 milhões do filme, que tem um enorme orçamento de produção de cerca de $ 200 milhões, não seria nada para escrever. Mas não vivemos em um mundo pré-Covid. Os cinemas ainda estão lutando para voltar ao normal, os números das bilheterias foram um sucesso e um fracasso e Jungle Cruise abriu em meio a preocupações crescentes sobre a disseminação da variante Delta.

Adicionar números de streaming à mistura complica ainda mais as coisas quando se trata de julgar o sucesso de um filme.

Você pode olhar essas somas e descobrir que as pessoas assistindo em casa no Disney + realmente comeram os ingressos de cinema. Você também pode elogiar a Disney por ganhar US $ 30 milhões a mais com o streaming do filme. E ambas as conclusões podem estar corretas.

Ao todo, trazer mais do que o esperado na bilheteria agora é uma coisa boa – e adicionar mais de US $ 30 milhões em streaming é um impulso bem-vindo. Agora, a Disney e os cinemas esperam para ver o desempenho do filme nas próximas semanas.

A transição de Hollywood para o streaming está reescrevendo o roteiro para as estrelas;  grandes dias de pagamento

A abertura de “Jungle Cruise” também é notável, pois ocorre poucos dias depois da Disney, o streaming e o dinheiro chegaram às manchetes, mas pelos motivos errados.

A atriz Scarlett Johansson entrou com um processo na quinta-feira alegando que a Disney quebrou seu contrato ao lançar o tão aguardado filme de super-herói “Black Widow” nos cinemas e no Disney + no mesmo dia.

A Disney respondeu ao processo em um comunicado, dizendo que cumpre integralmente o acordo da estrela e que “não há valor neste processo”.

Leave a Comment