Entretenimento

Matthew McConaughey diz que “devemos fazer melhor” após o massacre em sua cidade natal de Uvalde

“Mais uma vez provamos tragicamente que não somos responsáveis ​​pelos direitos que nos dão nossa liberdade”, disse o ator de 52 anos em um comunicado.

“O verdadeiro chamado à ação para todo americano agora é dar uma olhada mais longa e profunda no espelho e se perguntar: O que realmente valorizamos? Como podemos corrigir o problema? Que pequenos sacrifícios podemos fazer individualmente hoje para manter uma nação, um estado e um bairro mais saudáveis ​​e seguros amanhã? Não podemos mais respirar, dar desculpas e aceitar essas realidades trágicas como o status quo”, disse ele no Instagram.

McConaughey pediu a todos os americanos que “renegociem nossas necessidades com nossas necessidades”, acrescentando que “devemos mudar nossos valores e encontrar um terreno comum acima dessa devastadora realidade americana que tragicamente se tornou um problema para nossos filhos”.

“É uma epidemia que podemos controlar e, independentemente do lado do corredor, todos sabemos que podemos fazer melhor. Nós temos que fazer melhor. Ações devem ser tomadas para que nenhum pai tenha que experimentar o que os pais em Uvalde e outros sofreram antes deles.

“Para aqueles que deixaram seus entes queridos na escola sem saber que hoje foi um adeus, nenhuma palavra vai entender ou curar sua perda, mas se as orações puderem consolá-lo, nós os faremos vir.”

A estrela de filmes como “Clube de Compras Dallas” e “O Advogado de Lincoln” tinha uma relação próxima com seu estado natal – e pesou a disputa para governador no ano passado.

Quando decidiu não concorrer, disse, entre outras coisas: “Como um simples garoto nascido na pequena cidade de Uvalde, Texas, nunca me ocorreu que um dia eu seria considerado um líder político. É um caminho humilhante e inspirador para refletir. É também um caminho que não estou trilhando no momento.

Leave a Comment